Google e os resultados de buscas

“ Joga no Google aí”, há 20 anos essa expressão era vazia de significados para muita gente. Hoje ela é sinônimo de buscar uma resposta para conhecer algo, tirar uma dúvida ou obter uma recomendação. Aprendemos como usuários quão útil é buscar no Google, e naturalmente ninguém quer ficar fora do ranking Google.

Assim um profissional, um dono de um negócio, de um saber ou de um jornal também quer “figurar” nos resultados de buscas alheias. É a Golden bullet! Tipo o décimo primeiro mandamento “Sejas relevante no Google e serás recompensado”. Porém o Google é o Deus da indexação de informações. E para figurar no reino da primeira página dos resultados, ele estabeleceu fórmulas matemáticas (algoritmos) que rastreiam bases de dados da internet e as classificam a partir de múltiplos critérios.

O mantra da Google é “Do What you do the Best And link the rest”, como nos ensinou Jeff Jarvis no livro O que a Google faria. Ou seja, no princípio está a criação de rede na internet. A partir disso, alguns critérios são divulgados pela empresa no site institucional, apesar dos códigos serem proprietários, não compartilhados publicamente.

GoogleDito isso, destaco algumas técnicas para aumentar a relevância no resultado do Google:

1) defina as palavras-chave do seu conteúdo ou produto em no máximo cinco vocábulos; seja assertivo
2) repita as palavras-chave na descrição do site, nos títulos, nos textos; seja consistente
3) atualize os seus conteúdos com periodicidade; seja frequente
4) crie laços por hiperlinks com pares relevantes, para linkar e ser linkado; seja referência
5) espalhe e faça circular o seu conteúdo para obter acessos e leitura; seja social
6) mantenha os mesmos parâmetros de site por muito tempo (url, código, plataforma); seja longevo
7) invista em desenvolvimento de programação para sites responsivos para todos tipos de dispositivos (telefone, tablet, computador) e em alta velocidade de carregamento; seja usável
8) esteja presente em redes e plataformas profissionais e sociais; seja visto e lembrado
9) vincule ao seu local. Quanto mais contexto geográfico for atribuído a um site, melhor o resultado de buscas para aquela localização; seja próximo
10) defina e redefina sua estratégia de tempos em tempos; seja beta

Esses são critérios para o que chamamos na comunicação de otimização para mecanismos de busca ou search engine optimization (SEO). Hoje existem profissionais habilitados a impulsionar o seu site ou publicação com códigos aptos a potencializar o diálogo com os algoritmos da Google. São escrevinhadores de linguagens de programação como Json, Javascript, html5, CSS para sites que permitem a melhor leitura pelos crawlers dos mecanismos de busca. Eles são mais um elemento no conjunto de ações estratégicas que um posicionamento de presença digital deve considerar para ser “encontrável”.

Tem ainda métodos de marketing digital por Google Advertising, ou seja, o impulsionamento pago em resultados de busca. Durante a campanha paga, o Google vai entregar o teu resultado como prioridade para determinadas palavras-chaves e público-alvo. Fora do período contratado em campanha paga, o fato de ter impulsionado em campanha é incluído como mais um critério entre outros muitos orgânicos para determinar a relevância. É fato que a campanha paga pode determinar maiores ou menores vendas de um produto em um mercado mais competitivo. Para profissionais liberais e outros campos do saber/fazer, o impulsionamento pode estar vinculado a um fato novo como mudança de endereço, lançamento de um método, inauguração de um negócio, divulgação de um evento ou outro.

#seo #google #daumagooglada
#jornalismodigital #comunicação #relevância #reputacaodigital #tic