Gomorra: uma grande reportagem

Com uma apuração profunda, o repórter Roberto Saviano descreve em Gomorra detalhes do inferno no qual se transformou a cidade italiana de Nápoles, a partir do movimento do porto napolitano. O livro é um exemplar da literatura de não-ficção. O autor mergulhou na sua cidade natal e gravou com os olhos e o coração o ciclo do “Sistema” da Camorra, a máfia napolitana, um verdadeiro mundo de negócios onde a lei é a da força bruta e armada.

A narrativa desta grande reportagem é uma prova de coragem do autor que chega a beirar um certo idealismo jornalístico. No prefácio do texto, Saviano confessa que vive ameaçado de morte, fortemente protegido pelo Estado italiano.

O autor traduz em palavras o suor, o sangue, o medo, o cheiro do universo que descreve. O olhar do repórter  enxerga em detalhes o porto napolitano, sua importância estratégica para o comércio, os negócios dos tecidos e o papel dos chineses. Em uma conversa com um dos personagens desta história real, Saviano desmascara a alta-costura e mostra quem são os reais talentos que vestem celebridades como Angelina Jolie. O “sistema” nos faz entender por que as grifes pouco se colocam contra os clãs da máfia. Elas se alimentam da mão de obra barata e pagam o preço alto da falsificação. Ao fim e ao cabo, promoviam a marca.

“Os clãs não cometiam um crime que atentasse contra as imagens das grifes. Exploravam seu carisma publicitário e simbólico… Se ninguém mais vestir roupas de grife, se as roupas forem vistas somentes nas modelos das passarelas, o mercado diminuirá lentamente e o prestígio enfraquecerá” Páginas 57 e 58

Na segunda parte do livro, Saviano explora a penetração da máfia na construção civil e mostra o quão cruel era o “sistema” com os seus membros. Neste cenário, a fidelidade absoluta é a única lei, não há espaço para opiniões contrárias, questionamentos ou arrependimentos. A punição também é única: a morte. Dependendo da traição uma morte com ou sem sofrimento, descritas com riquezas de detalhes nas páginas de Gomorra.

O trocadilho do título do livro é explicado no trecho dedicado a Dom Peppino, o religioso que ousou questionar a máfia, não para vencê-la, mas para compreendê-la. “Sua palavra, incapaz do silêncio, foi sua condenação à morte” (página 266). Um amigo do padre no discurso de despedida destacou um conto da Bíblia sobre a cidade destruída por Deus por prática de atos imorais:

” Não vedes que esta terra é Gomorra, não vedes? Quando virdes, todo o seu solo será enxofre, sal e aridez e não haverá mais semente, nem produto, nem erva que nele cresça”

Os últimos capítulos mostram a influência do cinema de Hollywood nas atitudes dos “boss” e dos jovens que almejam crescer, ganhar dinheiro e morrer como homens, assassinados. Inspirações estão em Scarface, O Poderoso Chefão, O Corvo, Kill Bill e Pulp Fiction. Na Camorra de Saviano, a vida imita a arte do poder e da morte.

Os números de 2010

Os “duendes” das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam aqui um resumo do blognovo:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Mais fresco do que nunca.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 5,500 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 13 747s cheios.

Em 2010, teve 39 posts, somando um total de 195 posts. Foram feitos 17 uploads de imagens, ocupando um total de 5mb. Isso equivale a cerca de uma imagem por mês.

O dia mais concorrido foi em 4 de março com 74 views. O post mais popular foi  Google da matemática.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram twitter.com, google.com.br, sextasessao.wordpress.com, googlediscovery.com e br.answers.yahoo.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por google matematico, nova iorque, google me, new york e mimetismo midiático

Atrações em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Google da matemática junho, 2009
5 comentários

2

Como embedar áudio no WordPress maio, 2009
4 comentários e 2 “Likes” no WordPress.com,

3

Avatar contra a destruição do meio ambiente janeiro, 2010
4 comentários

4

Mimetismo midiático março, 2009

5

Como montar um Google Map maio, 2009
1 comentário